No último post o assunto foi o investidor anjo. Antes de descrever como atuam os investidores de Venture Capital, que seriam os próximos a descrever, eu preparei esse pequeno “teste” para preparar o terreno. As perguntas foram baseadas nas minhas percepções sobre os principais desencontros que acontecem nos casos em que o empreendedor se deu mal de uma forma ou de outra com o venture capital. Seja porque não conseguiu captar recursos, seja porque depois da captação o relacionamento com o investidor desandou. Após responder e refletir sobre as perguntas reconhecendo quais seriam as suas escolhas, continue a leitura nos próximos posts onde poderemos discutir cada uma delas.

1. Qual é a sua motivação?
a) Ganhar dinheiro.
b) Mudar o mundo.
c) Mudar o mundo e ganhar dinheiro.

2. Qual é o seu prazo para empreender?
a) tenho a vida inteira e talvez a dos meus filhos e netos.
b) tenho de 2 a 3 anos no máximo enquanto posso arriscar ficar entre empregos.
c) tenho gás para insistir entre 3 e 10 anos.

3. Qual o tamanho do seu time?
a) estou tentando um vôo solo.
b) tenho uns 10 amigos que querem apostar juntos comigo.
c) tenho 2 ou 3 sócios que me complementam.

4. O quanto você se dispõe a reportar suas ações?
a) o meu grande prazer é fazer relatórios.
b) se escolhi ser empreendedor é porque não quero ninguém me enchendo o saco.
c) para conviver em sociedade entendo que os sócios precisam saber de tudo o que acontece de relevante com o negócio.

5. Qual o seu apetite para o risco?
a) risco existe para ser evitado.
b) comigo é “All-in”.
c) gosto de correr riscos mensurados.

6. Qual o tipo de apoio que você tem?
a) meus familiares ainda não podem ficar sabendo dos meus planos.
b) me botaram para fora de casa.
c) minha família acredita em mim e está disposta a encarar alguns sacrifícios.

7. Qual o tipo de mundo em que você vive?
a) impostos, funcionários e concorrentes formam a trilogia do mal.
b) meu sonho era ser enfermeiro da cruz vermelha.
c) acredito no potencial das pessoas e na cooperação para construir negócios.

8. Como você lida com o controle?
a) muito bem, desde que seja meu.
b) prefiro que controlem por mim.
c) em alguns momentos é melhor abrir mão.

9. Qual o melhor negócio para vender?
a) o dos outros porque no meu ninguém tasca.
b) esse que estou tentando me livrar.
c) aquele que pode continuar crescendo sob o comando de outros.

10.Se eu vendesse meu negócio hoje o que faria com o capital?
a) me aposentava, chega.
b) contratava um advogado para processar o investidor que me forçou a vender.
c) montava um fundo com meus sócios para investir em novos negócios.

Veja qual foi a maioria das suas respostas. Se não foi “c” recomendo uma boa reflexão sobre cada ponto que você escolheria a resposta “a” ou “b” antes de pensar em tentar captar recursos com investidores. Isso não significa que você não tenha perfil empreendedor de forma alguma, apenas que talvez seu perfil não seja o ideal para empreender com o capital de investidores de venture capital. Se você respondeu tudo “c”, teu perfil se encaixa muito bem. Talvez só falte tentar. Nos próximos posts vou procurar enriquecer cada um dos 10 pontos.

admin

By admin

Related Post