Essa é a sequência do post “teste“, se você ainda não leu o anterior sugiro que leia primero.
A primeira pergunta tratava da questão da motivação do empreendedor, e ficou sugerido ali que a motivação ideal que um investidor de venture capital procura enxergar no empreendedor é a que une uma vontade de mudar o mundo com a ambição de ganhar dinheiro. Por que isso?

Por exclusão. Se o empreendedor não tem a vontade de mudar o mundo de alguma forma, ou ele não pensa grande o suficiente para as pretensões de retorno de um investidor de venture capital, ou ele não terá um diferencial vencedor – já que não quer mudar algo. Sem esses elementos (vontade de mudar, consertar, inovar e diferenciais) o empreendedor dificilmente empolgará o investidor. Mais do mesmo eles recebem todos os dias, não é aí que eles vão investir. Eles querem algo novo, que tenha potencial de grande crescimento. Não perca seu tempo apresentando projetos que não tenham esse caráter, eles não terão chance.
Assim fica explicado (ainda que superficialmente) porque é importante a vontade de mudar.

E o ganhar dinheiro? Por que tem que haver a motivação financeira? Essa resposta é mais simples. Porque o papel do investidor é fazer o dinheiro dos quotistas do fundo crescer. Se a motivação do empreendedor não inclui um vontade de gerar riqueza, não há nenhum problema do ponto de vista do empreendedorismo, mas se a idéia é capitalizar o projeto com recursos de investidores então é importante deixar claro que seu projeto irá engordar a conta bancária deles, além da sua é claro!
Isso é bem diferente daquele empreendedor “oportunista” que quer ganhar dinheiro, esse o investidor saca rápido e não apóia. Já passamos da epóca em que “se dar bem” servia como lema para alguém. Esses projetos geralmente são cheios de falácias porque só visam gerar retorno para o oportunista, isso não se sustenta. Tem que haver inovação, criação, suor, colaboração…

Conclusão: Se você está somente procurando uma foram de ficar rico rápido, você ainda não entendeu a dinâmica das coisas. Se você pretende construir algo igual ao que já existe, boa sorte, tomara que dê certo, mas não procure investidores de venture capital. Agora se você tem a pretensão de mudar o mundo e quer fazer isso gerando resultado, riqueza, então você é um bom candidato a receber investimento desse tipo de investidor.

Que fique claro aqui que não estou querendo dizer que quem tem perfil para trabalhar com venture capital é melhor ou pior do que quem não tem. Essa não é a questão. Estou apenas procurando esclarecer melhor quem deve procurá-los e quem deve tentar por outros caminhos.

No próximo post sigo a sequência do post inicial escrevendo sobre a questão do controle.

admin

By admin

Related Post