O Shira e o Diego começaram a discussão sobre gestão de pessoas, e como o tema é muito relevante achei bem entrar nela também.

Não sou contra as salas de jogos ou as regalias com as quais o Google ficou famoso por promover, mas entendo, como o Shira, que elas são mera perfumaria. Se a equipe gosta, faz bom uso e se diverte nos momentos de relaxar, ótimo, mas não venham dizer que isso é uma boa gestão de pessoas.

Por que nos reunimos em “empresas”? Porque em conjunto conseguimos criar valor mais facilmente do que sozinhos. Se você entende isso bem, consegue ter mais de um ativo precioso para a tua vida: tempo. Se você não divide seu esforço com um grupo e tenta gerar valor sozinho, fica sem tempo para família, amigos, outras diversões, etc..

O problema é que muita gente não reflete sobre isso o suficiente. Entendem que o trabalho é mera obrigação para ganhar um sustento, pensamento medíocre. Nesses casos você precisa ficar agradando o sujeito com um monte de mimos no trabalho, aquilo é um fardo, então recompense-o com algumas coisinhas legais.

Se, por outro lado, o time envolvido com um projeto empresarial, faz aquilo porque entende o valor que será gerado para cada um e para o todo, a história é outra. O trabalho deixa de ser fardo, tem propósito, energiza. Se o pessoal gosta de, ao final de um belo dia de trabalho, jogar uma partida de tênis no Wii para tirar uma onda, ótimo.

Outro problema crônico para os que “praticam” a gestão de pessoas é a preguiça. Como é bem difícil articular e comunicar um projeto empresarial, a saída mais fácil é atrair e “reter” pessoas com mimos e regalias. Perigoso.

Acho que todos erramos, cedo ou tarde, com a gestão de pessoas. O ser humano é complexo demais para ser gerido com programas ou modelos sem mudança constante. Resta saber o que o seu projeto empresarial necessita. Se for de “recursos humanos” sem conexão com o propósito do projeto, capriche nos mimos para tentar driblar a rotatividade. Se a necessidade for de gente com pensamento crítico, que trabalha porque gosta, pode deixar a perfumaria para o segundo plano, concentre energia no sucesso do projeto.

admin

By admin

Related Post